Este blog é direcionado para os alunos da Escola Municipal Genildo Miranda no Sítio Lajedo em Mossoró-RN, para os alunos da Escola Estadual Rui Barbosa no município de Tibau-RN, para todos aqueles amantes da Educação Geográfica e também para os que se propõem a discussão de uma Educação contextualizada.

domingo, 27 de março de 2011

A educação: um processo de interação entre instrução/educação e ensino/aprendizagem.

O processo ensino-aprendizagem é muito complexo e envolve diversos fatores que contribuem de forma significativa para que a ação educativa possa acontecer de fato. Entre esses elementos podemos destacar os conteúdos trabalhados, a metodologia utilizada, a avaliação dos resultados propostos e os obtidos, a relação família escola, a nossa concepção de sociedade, a proposta curricular, as diferentes visões educacionais sem deixar de lado as teorias que trabalham com a temática.

Nesse contexto podemos destacar também a inter-relação entre o processo de instrução/educação e ensino/aprendizagem. Instruir significa criar condições favoráveis para que o ato de aprender possa ser desenvolvido, ou seja, é nesse momento que o professor subsidia seus alunos a partir de explicações, exemplos práticos, além da teoria necessária a tal finalidade. No que diz respeito a ensino-aprendizagem nos reportamos ao um processo mais amplo onde este não pode ser trabalhado de forma desligada da instrução, uma vez que o ato de ensinar e aprender necessita de elementos que possam desenvolver na prática tal finalidade.

Por ser um processo amplo e envolver diversos fatores, o ensino-aprendizagem deve ser orientado de forma sistemática, coordenada, e, avaliado permanentemente para que possamos visualizar os acertos e os erros, continuando o que está dando resultado e redirecionando o que não foi alcançado. Dessa forma estaremos aptos a compreender o processo na sua totalidade, e, acima de tudo perceber que essa interligação se torna cada dia mais necessária, pois não se educa sem instruir, não se instrui sem educar, não se ensina sem aprender e não se aprende sem ensinar.

Um comentário:

  1. Partindo do pressuposto, quando diz que "não se educa sem instruir, não se instrui sem educar, não se ensina sem aprender e não se aprende sem ensinar" sobre o processo educacional, onde implica estabelecer uma relação e ligação entre instrução/educação e ensino/aprendizagem. Assim, ao invés de silenciar, negar ou omitir o processo de ensino-aprendizagem, é preciso que a escola através do seu Projeto Político Pedagógico estabeleça objetivos que sejam fundamentais no combate a inércia, falta de atividade ou ações por parte dos educadores, além de possibilitar a “formulação de atitudes e valores essenciais à formação da cidadania de nossos educandos".

    ResponderExcluir